quarta-feira, 27 de março de 2013

Visita à Toca do Coelho




No dia 25 de março os alunos da Pré-escola e 1º ano juntamente com professores e algumas mães visitaram a Toca do Coelho em Tapera.
            O tema apresentado este ano é “Os  Amigos do Coelho”, as crianças ficaram encantadas com  a beleza,  delicadeza e criatividade  dos Coelhinhos, cada um representando um país diferente, após a visita os alunos  assistiram um lindo teatro.

segunda-feira, 25 de março de 2013

Aula de Artes


                A professora Jane Escher, na disciplina de Artes desenvolveu um trabalho em preparação à Páscoa com os alunos de 6º ano à 8ª série.
                                       Osterbaum.
     As árvores enfeitadas são um símbolo clássico do Natal, mas existem brasileiros que preservam uma tradição parecida na Páscoa.
     Na mais alemã das cidades brasileiras, a Quaresma é época de enfeitar a casa e montar a Osterbaum. O costume veio com os imigrantes que, há 150 anos, colonizaram principalmente a cidade de Pomerode, no vale do Itajaí, em Santa Catarina.
“Oster”, em alemão, quer dizer Páscoa.
“Baum”, árvore.
Osterbaum, árvore de Páscoa. É uma tradição carregada de simbologia. Os galhos secos representam a tristeza pela crucificação e morte de Jesus Cristo.
Os ovos lembram vida, a alegria pela ressurreição. E até as cores têm significados.
O ovo vermelho é o sangue de Cristo,
O verde, esperança,
O amarelo, luz,
 E o branco, paz.
As flores porque na Europa é o início da primavera,
O trabalho de pintar as casquinhas une gerações.

Proposta de trabalho: criar em uma casquinha de ovo decorações utilizando várias técnicas como: Malowanki, técnica que utiliza a casca como uma tela.
Colagem e pintura - criar personagens
Técnica com caneta hidrocor
Técnica de mosaico




Os alunos do 3º ano, durante as primeiras semanas de aula, realizaram uma atividade  de observação e descoberta da metamorfose da lagarta.  A professora  Susane, enfatiza que é através das atividades práticas vivenciadas pelos alunos, que a aprendizagem acontece  de fato.

Produção Textual em grupo:
A surpresa da  experiência
No dia 1º de março, sexta-feira o aluno Pedro trouxe lagartas do repolho num vidro com folhas de repolho para elas comerem. Enquanto elas comiam as folhas, também faziam cocô.
Depois de três dias, as lagartas pararam de comer e cada uma fez seu casulo.
8 dias depois para nossa surpresa, dois casulos se transformaram em borboleta, mas para nossa decepção um morreu.
Outro casulo se formou na tampa  e está se mexendo bastante. Achamos que amanhã teremos outra borboleta. Depois de mostrar para as outras turmas, nós deixamos o vidro perto da casa do  Rafael para ela ter chance de voar livre na  natureza.
video